As principais diferenças entre planta humanizada e técnica

Atualizado: 8 de Out de 2019

Diversos são os recursos tecnológicos e visuais a que as construtoras, incorporadoras, escritórios de arquitetura e design de interiores podem recorrer atualmente, principalmente a partir de softwares de modelagem e projeção 3D. Um deles, por mais antiquado que possa parecer neste novo cenário de inovações tecnológicas, é a planta baixa do projeto de imóvel, que hoje já se chama mais de planta térrea. Em meio às novidades, a planta também foi um recurso atualizado, trazendo a planta humanizada.

Neste artigo, vamos mostrar as principais diferenças entre a planta técnica tradicional — usada tecnicamente pelos arquitetos para projetar e para a execução do projeto — e a humanizada, para que você entenda como utilizar cada um desses recursos nas suas estratégias de marketing e venda de empreendimentos e lançamentos imobiliários.


Planta técnica




Remontando aos tempos antigos da arquitetura e do design, onde a tecnologia ainda era pouco desenvolvida, temos as plantas tradicionais, ou seja as plantas técnicas. Assim como neste passado não tão distante, ainda hoje é possível desenhá-las à mão, sem o uso de tecnologias da informação. Existem softwares que ajudam, claro, pois hoje tudo tem mais pressa, mas para os mais tradicionais ainda existe a facilidade de rascunhar uma planta no papel.

Por conta de seu formato mais simplificado, existem algumas restrições de uso no processo de venda de escritórios mais modernos, como o fato de a planta térrea proporcionar “acesso” somente à edificação do espaço, e não a todos os andares e cômodos do imóvel. De toda forma, o material é produzido a partir de uma escala baseada nas medidas reais do projeto. Assim, é possível dimensionar a mobília que será alocada no imóvel, definindo a relação entre os cômodos e ambientes, sua funcionalidade, estrutura, espaços de circulação, acessos e proporções internas e externas do projeto.

Resumindo, as principais vantagens da planta térrea tradicional são:

Permite a análise de todas as informações de uma edificação;

Oferece uma visualização objetiva;

Pode contar com o uso dos seguintes softwares: AutoCad, ArquiCad, Studio Max e SketchUp, usados para execução do projeto para o processo de idealização do espaço com os mobiliários e outras finalidades.


Planta humanizada



A planta humanizada, que pode tanto ser bidimensional quanto tridimensional, já é um recurso um pouco mais avançado tecnologicamente do que a planta técnica, e com outro objetivos. Por meio deste formato, é possível atribuir maior dinamismo e complexidade aos projetos, aplicando cores, texturas, efeitos de luz e sombras, móveis e demais objetos que compõem um ambiente imobiliário e possam auxiliar na visualização e entendimento do projeto.

A planta humanizada facilita e otimiza a compreensão do projeto por públicos não acostumados a analisar plantas e demais tipos de desenho técnico, podendo funcionar até mesmo como catalisadora do processo de vendas, como forma de contornar objeções. A planta humanizada 2D ou 3D é ainda a maneira ideal para explicar o seu projeto arquitetônico imobiliário de forma completa e amigável para o seu potencial cliente. Por meio de visualização superior de todos os andares e cômodos de um projeto, fica mais fácil para o cliente a comparação das dimensões do imóvel com os objetos colocados.

Assim, as principais vantagens da planta humanizada são:

Facilita o entendimento da adequação das mobílias, instalações e espaços;

Garante melhor interpretação das dimensões dos ambientes;

Utiliza-se de softwares como o SketchUp e AutoCad, que também podem ser adotados para a criação de plantas tradicionais, mas incorporam tecnologias de modelagem 3D mais sofisticadas, como o CorelDraw (mais conhecido), Revit, Photoshop, 3DS Max e Lumion.

Hoje em dia, é praticamente obrigatório que você apresente ao seu cliente uma planta humanizada 2D, mas utilizar este recurso em 3D agrega significativo valor ao seu processo de vendas. A planta humanizada 3D é uma opção didática e simples que permite a explanação de detalhes que não poderiam ser vistos em uma planta técnica padrão, garantindo mais realismo ao projeto e facilitando para o cliente a compreensão do imóvel como um todo.


Gostou das nossas dicas sobre as diferenças entre planta tradicional e humanizada? Para ver mais conteúdos como este, acesse nosso blog!



Sua Maquete Eletrônica Ltda., CNPJ: 29.827.934/0001-83

R. Leopoldo Couto de Magalhães Jr. 1442 Itaim Bibi São Paulo-SP

contato@suamaqueteeletronica.com.br | Tel: (11) 3136-0841 | Whatsapp: (11) 9.8133-0841

Acesse aqui nossos Termos & Condições 

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • LinkedIn - círculo cinza