Como manter as vendas do seu empreendimento mesmo sem plantão

Em momentos de crise mundial, como a causada pela pandemia do novo coronavírus em mais de 180 países, a economia sofre forte impacto. Em função do isolamento social necessário para a contenção da disseminação do vírus, muitas empresas e profissionais autônomos fecharam as portas, precisaram interromper atividades, e demitir funcionários, em alguns casos, por não conseguirem arcar com os custos sem as vendas.

No entanto, alguns tipos de negócio, como o mercado imobiliário, conseguem se manter ativos, de uma forma adaptada e com apoio de práticas digitais, mesmo em momentos de crise. Desde a prática de home office, passando pela realização de vendas via internet, até o uso de tecnologias que auxiliam nestes dois processos, diversas são as possibilidades que o mundo moderno oferece para construtoras e incorporadoras superarem a crise da melhor forma possível.

Confira neste artigo algumas dicas para manter as vendas do seu empreendimento mesmo sem plantão imobiliário.


Home office


A primeira dica prática que trazemos para você é sobre trabalhar de forma remota, ou seja, em home office. Em momentos de crise, quando se torna necessário evitar sair de casa ao máximo possível, trabalhar em casa é uma opção que vem sendo amplamente adotada, para quem dispõe desta possibilidade. O setor da construção civil, por exemplo, na parte de execução de obras, não consegue realizar este formato de trabalho. Para que este mercado não pare, algumas obras foram regulamentadas a seguirem funcionando, seguindo diversas orientações das autoridades de saúde. Mas a parte de vendas destes empreendimentos pode seguir funcionando com os colaboradores de forma remota.

No entanto, por não estarem acostumadas, muitas pessoas sentem dificuldade em estabelecer processos e rotinas para trabalhar e atingir eficiência e produtividade sem estar no escritório. Para isso, destacamos algumas dicas e trazemos também a Cartilha de Trabalho Remoto produzida pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) para orientar associados sobre como ter um home office mais produtivo.

Em primeiro lugar, defina horários para as diferentes atividades que você irá executar ao longo do dia. Se você for cumprir em casa o mesmo número de horas do seu expediente normal, procure definir um horário padrão para acordar todos os dias, fazer alguma atividade física ao longo do dia e se alimentar bem. Para trabalhar de fato, evite ficar em locais muito conectados com o ambiente caseiro, como a cama ou o sofá, por exemplo, pois isso costuma levar a mente para lugares relacionados ao lar e a atividades alheias ao trabalho.


Assim, monte uma estação de trabalho adequada na sua casa, com bom acesso à internet — afinal, dificilmente você conseguirá se conectar com seus clientes e fornecedores sem este recurso —, com uma mesa e cadeira em posição ergonômica e favorável ao seu melhor rendimento. Durante o expediente, faça pequenas pausas, tome uma água, um café, faça um lanche e se mantenha alimentado e com energia para se concentrar e dar conta de tudo que precisa fazer no dia.

Manter uma rotina de contato com os seus colegas também é uma dica importante. Afinal, as pessoas estão isoladas, mas não sozinhas. Seguem fazendo parte de equipes e dos seus contextos. Por isso, mande mensagem, faça chamadas de vídeo, ligue, mas mantenha este contato, será importante para que você sinta mais segurança e confiança na nova rotina. Seguindo essas pequenas dicas, seu home office irá se tornar muito mais confortável e produtivo, e você conseguirá entregar resultados da mesma maneira que se estivesse no escritório.


Digitalização dos canais de venda


Pensando nas vendas de um empreendimento imobiliário, a estruturação de uma plataforma online pode ser uma boa dica para momentos de crise. Quando nos referimos a “plataforma” a intenção é deixar claro que não basta ter um site com formulário para preenchimento, por exemplo. O que precisa ser implementado nestes casos, para garantir que as suas vendas de empreendimentos imobiliários possam seguir acontecendo, é desenvolver toda uma estrutura de apoio e atendimento aos clientes para facilitar ao máximo o contato com eles.

Aproveite a oportunidade para otimizar o seu site, pensando em técnicas de SEO (Search Engine Optimization) para que seu site apareça nos primeiros resultados das buscas no Google e para oferecer o que o seu cliente quer ver. Além disso, reforce seu trabalho nas redes sociais, disponibilizando informações úteis sobre o seu mercado, mas também sobre como a sua empresa está tomando atitudes diante da crise e segue disponível para esclarecimento de qualquer dúvida dos leitores.

A disponibilização de um número de telefone por meio do qual o cliente possa conversar com o consultor ou corretor imobiliário e esclarecer suas dúvidas, por exemplo, é essencial. Além disso, você pode contar no seu site com uma página específica pensada para situações como esta, em que não vai haver plantão e os vendedores estarão trabalhando de casa, onde haja indicações aos clientes sobre todas as dúvidas que eles possam apresentar.

Outra parte do processo que pode ser digitalizada com o uso de soluções que prezam pela segurança dos dados dos clientes é toda a parte burocrática da compra de um imóvel. Neste sentido, a dica que damos é de você disponibilizar uma solução que permita ao cliente fazer o envio da documentação, passar pela análise de crédito e realizar a assinatura eletrônica do contrato de forma digital e simplificada.

O processo de compra de um imóvel costuma ser longo e complexo, portanto, não é qualquer orientação para esclarecimento de dúvidas que irá funcionar. Treine muito bem o seu time e conte com uma estrutura preparada para apoiar com o que for necessário neste período para que as vendas não parem.


Catálogos digitais e interativos


Além de toda esta estrutura, é essencial disponibilizar catálogos digitais com imagens de qualidade aos seus clientes. Alguns exemplos deste tipo de recurso que pode ser disponibilizado ao cliente são maquetes eletrônicas, passeio virtual e até mesmo tour 360. Com este tipo de tecnologia, que permite a criação de ambientes simulados em softwares especializados de modelagem tridimensional, você poderá proporcionar ao seu cliente uma experiência de alta qualidade e nível de realismo, conduzindo-o por uma visita ao imóvel sem que precise sair de casa, seguindo as orientações das autoridades de saúde.

Se você ainda não investe nisso, é o momento de começar, e se já investe, reforce a sua estrutura digital e os seus catálogos online para construir uma vitrine arrebatadora e com alta probabilidade de conversão. Disponibilize todos os materiais digitais que você tiver no site, permitindo que o seu cliente possa navegar pelo projeto do empreendimento como se estivesse realizando uma visita. Atualize todos os imóveis disponíveis com o máximo de informações técnicas possíveis, além de agregar alguns pontos do discurso de vendas, como as principais vantagens e benefícios de cada empreendimento.

Assim, ter em mãos uma estrutura preparada, disponibilizando um catálogo digital das soluções com imagens estáticas e em movimento do empreendimento, as chances de você conseguir atrair o cliente e esclarecer suas dúvidas, mesmo sem plantão de vendas, é muito grande.


Ouvir o cliente


Momentos de crise pedem maior compreensão e empatia da parte de todos nós, especialmente quando estamos falando em nossos clientes. Para isso, nosso dica é que você faça um exercício de pensar no lado do cliente, nas dificuldades e desafios que ele pode estar enfrentando tanto quanto a sua empresa durante a crise, e reverta isso em interesse genuíno de estar disponível para ele. Ouvir o seu cliente é uma dica preciosa em tempos de crise como o que estamos vivenciando.

Um exemplo de como colocar essa dica em prática pode ser em processos de vendas que tiveram início antes da pandemia e fora do contexto de digitalização. Neste caso, muitas coisas que estavam alinhadas entre você e o seu cliente precisarão ser modificadas e adaptadas às necessidades do período de crise, mas para que isso seja feito da forma menos danosa para as duas partes, ouça o seu cliente.

Pense em formas de não perder a oportunidade de dar continuidade a estas vendas e converse com seu cliente para entender de que forma vocês podem chegar à melhor resolução possível. Pode ser que você precise enviar um funcionário para a assinatura do contrato, seguindo as normas de segurança vigentes, ou então que algum serviço de entrega ativo possa atender às necessidades apresentadas. O importante é conversar e ouvir o cliente para entender qual a melhor forma de contornar os obstáculos e vencê-los.

Outra dica é: esteja sempre preparado para dar as melhores orientações ao seu cliente, que pode apresentar incertezas e dúvidas devido ao contexto econômico gerado por crises, e precisar de alguns aconselhamentos. Os profissionais da construção civil e do mercado imobiliário são os mais indicados para esclarecer este tipo de dúvida e auxiliar da forma que for possível.


Se você é integrante do setor da construção civil ou atua no mercado imobiliário e já está colocando alguma dessas dicas em prática, deixe nos comentários e entre em contato para ver como podemos te ajudar a aumentar ainda mais as suas vendas com o auxílio de tecnologias especializadas para construção de maquetes eletrônicas. Continue acompanhando nosso blog e não perca mais conteúdos como este!


Sua Maquete Eletrônica Ltda., CNPJ: 29.827.934/0001-83

R. Leopoldo Couto de Magalhães Jr. 1442 Itaim Bibi São Paulo-SP

contato@suamaqueteeletronica.com.br | Tel: (11) 3136-0841 | Whatsapp: (11) 9.8133-0841

Acesse aqui nossos Termos & Condições 

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • LinkedIn - círculo cinza