Etapas de um projeto arquitetônico bem feito

Atualizado: Ago 18

A criação de um projeto arquitetônico bem produzido deve seguir uma série de etapas para que possa se consolidar. Nesses momentos é reunido tudo aquilo que um arquiteto deve levar em consideração da parte técnica e criativa para elaborar este material, que será entregue ao cliente final. O resultado final é fruto da dedicação em cada um desses momentos, por isso, é essencial que sejam validados com toda a atenção.

Um projeto arquitetônico bem feito deve levar em conta ainda todos os pontos práticos relacionados às necessidades das pessoas que irão vivenciar aquele ambiente, assim como as subjetividades e a essência dessas pessoas. É importante que o projeto contenha e reflita tudo isso trazendo conforto, segurança e bem-estar de acordo com o objetivo a que se destina a obra.

Conheça a seguir as principais etapas de um projeto arquitetônico bem feito e comece agora mesmo a colocar em prática caso ainda não o esteja fazendo.


0. Registro de Responsabilidade Técnica


Considerado para fins de etapas de projeto arquitetônico como a fase 0, a emissão do Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) é a primeira coisa que qualquer arquiteto deve fazer antes de assumir um projeto. Este registro funciona como um certificado de garantia de que o cliente final terá um projeto de qualidade desenvolvido por um profissional que respeita as normas e boas práticas da função, preza pela segurança e integridade de todas as informações e relações.


1. Levantamento de necessidades


Dentro de um planejamento para projetos arquitetônicos, um dos primeiros passos é a etapa do programa de necessidades, que se trata do entendimento total das demandas e objetivos do cliente final com aquele projeto. É neste momento que será mapeado o número de cômodos do imóvel, por exemplo, ou então as especificações de tamanhos de unidades se o empreendimento for um prédio. Esta etapa é essencial para um projeto arquitetônico bem feito pois é com base nas informações coletadas nela que você enquanto profissional poderá indicar ao cliente a viabilidade de custos para realização daquele pedido.


2. Visita ao local


A visita ao terreno que ocorre nesta etapa tem como objetivo principal realizar estudos prévios, abordando e registrando informações relativas a condições topográficas e ambientais, níveis, metragem, níveis, correntes de vento e orientação solar em relação ao plano de incidência na obra futura. Uma dica importante para a realização desta etapa é fazer um bom registro fotográfico do local para fins de estudos posteriores.

Cabe ainda nesta etapa de levantamento inicial de dados coletar informações junto aos órgãos públicos para entender a viabilidade de realização da obra e possíveis diretrizes do Plano Diretor e Código de Obras daquele município.


3. Estudo preliminar


O estudo preliminar é uma etapa que consiste basicamente nos primeiros desenhos que são realizados referente ao projeto após as etapas anteriores estarem aprovadas e concluídas. Na situação de uma casa, por exemplo, poderiam ser apresentados nesta etapa a planta térrea inicial com os cômodos e suas dimensões previamente estimadas. As entregas desta etapa podem ser feitas em formato de planta humanizada, maquete eletrônica, vistas conceituais entre outros. Para mostrar valor ao cliente nesta primeira entrega o projeto arquitetônico deve pautar-se no tripé conforto, tecnologia e economia, mesclando elementos entre esses três pilares para construir uma realidade com base em boas práticas. É importante que este primeiro projeto seja aprovado por todas as pessoas envolvidas no processo de construção desta obra para que possa avançar.


4. Anteprojeto


Esta é uma fase de detalhamento do projeto desenvolvido no estudo preliminar, de modo que são elaboradas plantas de cobertura, cortes, fachadas, localização do terreno, situação e diversos outros modelos que possam trazer maior riqueza de detalhes para a compreensão do cliente. Aqui também são especificados os elementos, instalações e componentes, além de serem definidas todas as dimensões exatas do projeto. É nesta etapa que é desenvolvido o projeto 3D oficial.

Com o anteprojeto aprovado, são encaminhados para as equipes responsáveis pelos projetos complementares como o estrutural, hidrossanitário, elétrico etc. Esta é a última etapa onde podem ser realizados ajustes no projeto, por isso, lembre-se de garantir o seu trabalho e sempre aprovar tudo com o cliente!


5. Projeto legal


Após validação do projeto com todos os envolvidos, é hora de enviá-lo para a prefeitura do município em questão para proceder com todas as burocracias, como a liberação legal e a aprovação para construção pelas autoridades competentes. Aqui é importante você se informar com a prefeitura sobre quais as exigências deles para a aprovação do projeto e emissão do Alvará de Construção. Atente-se para levar a documentação completa para que não haja retrabalho e você tenha que voltar a buscar novos documentos em caso de qualquer incorreção.

Durante esta etapa você pode contar com profissionais especializados que prestem o serviço de consultoria e assessoria, assim, eles poderão cuidar de todos os detalhes técnicos para lhe orientar a ir atrás das informações e garantir que nada será esquecido e que o projeto será aprovado sem maiores preocupações.


6. Projeto executivo


Esta é a etapa final da criação de um projeto arquitetônico bem feito. Aqui ocorre o detalhamento de materiais e serviços necessários, contato e realização de orçamento com fornecedores e a criação das pranchas detalhadas que irão para o canteiro de obras orientar o pessoal da engenharia: a obra não pode começar sem o projeto executivo estar finalizado e entregue.


7. Acompanhamento da obra


Esta etapa entra já como um extra pois não diz respeito à elaboração do projeto arquitetônico em si, mas ao acompanhamento de como está evoluindo a execução daquilo que foi planejado. Para que o projeto caminhe bem, é fundamental a presença do arquiteto responsável no canteiro de obra para verificar, tirar dúvidas, auxiliar e acompanhar o andamento podendo também opinar dentro do que lhe cabe por conta da autoria do projeto. Este acompanhamento também pode incluir processos de manutenção, conservação, reforma e ampliação de obras já existentes, conceito conhecido como As Built, em que o arquiteto pode ficar responsável pela documentação e memoriais de todas as ações executadas no canteiro de obra para aquele projeto.


Em todas as diferentes etapas dos diversos tipos de projetos arquitetônicos possíveis o uso do máximo de detalhes possível é um diferencial que destaca você no mercado. Para contar com uma confecção de projeto tridimensional por uma equipe especializada e garantir o seu espaço com reconhecimento no mercado, entre em contato com nossos consultores e tire todas as suas dúvidas! Venha com a gente desenvolver projetos arquitetônicos de alto nível!


Sua Maquete Eletrônica Ltda., CNPJ: 29.827.934/0001-83

R. Leopoldo Couto de Magalhães Jr. 1442 Itaim Bibi São Paulo-SP

contato@suamaqueteeletronica.com.br | Tel: (11) 3136-0841 | Whatsapp: (11) 9.8133-0841

Acesse aqui nossos Termos & Condições 

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • LinkedIn - círculo cinza