O que levar em consideração em um orçamento de realidade virtual

Ações comerciais dos negócios que busca focar totalmente na satisfação do consumidor integram o que se conhece como uma grande tendência dos dias atuais, o conceito de Customer Centric. O que isso implica é que você, enquanto empresa, precisa conhecer perfeitamente os seus clientes, entender suas principais necessidades, desafios e desejos, e construir uma estratégia completa que contemple tudo isso da melhor forma possível.

Vemos muito disso sendo colocado em prática como por exemplo no caso da Amazon, grande player do varejo online que, em 2019, atingiu pela primeira vez o patamar de empresa mais valiosa do mundo. O CEO da marca, Jeff Bezos, afirmou categoricamente em uma série de entrevistas quando do acontecido que esse crescimento exponencial alcançado pela empresa veio por conta do foco absoluto no consumidor.

Estamos trazendo esses exemplos para deixar evidente o quanto a experiência do cliente deve ser levada em consideração na construção dos seus produtos e na entrega dos seus serviços. Em uma viagem, por exemplo, muitas vezes é preferível pagar por uma hospedagem um pouco mais cara que tenha vaga de garagem do que deixar o seu carro na rua, certo? Além de trazer maior segurança, isso traz mais conforto e melhora a experiência desta pessoa.

É a mesma analogia que queremos trazer para foco do nosso artigo, a realidade virtual. O seu cliente pode, sim, utilizar recursos como fotos ou vídeos para conhecer um imóvel em questão, e isso pode trazer uma boa experiência. Mas para aqueles que desejarem um diferencial, o tour 360 pode ser a melhor opção. Importante salientar que não necessariamente o maior investimento financeiro trará o melhor resultado, e que cada situação deve ser analisada individualmente para ver que recurso faz mais sentido. Veja neste artigo que aspectos, então, você deve levar em consideração ao fazer um orçamento de realidade virtual (VR) para o seu negócio.

Valores do mercado


O mercado imobiliário, que é o caso que estudamos para aplicação de VR, possui um diferencial muito relevante quando se trata da precificação deste tipo de entrega. Explicamos. Em geral, o valor final de um produto em realidade virtual para qualquer segmento de mercado é composto por diversos itens que estão incluídos no processo padrão de produção deste recurso. São eles: o conteúdo imersivo que será apresentado, o aplicativo de realidade virtual no qual essa apresentação final será criada e o óculos de realidade virtual onde a experiência será vivenciada.

Neste caso, o gasto será considerável, pensando que você precisará investir em equipamentos que ainda não são tão popularizados no Brasil e por esse motivo custam mais caro. Os óculos, por exemplo, podem ficar entre R$ 3 mil e R$ 5 mil, dependendo do modelo e da sua necessidade de adaptação desta tecnologia. Para utilizar os óculos, é preciso que eles estejam conectados a um computador de alto desempenho, que pode acrescentar à sua conta mais uns R$ 3 mil, e de um software criado exclusivamente para o seu negócio por uma empresa especializada em VR, que custa em torno de R$ 150,00 a hora do programador. Adicione a isso a criação de um conteúdo de qualidade e imersivo compatível com o software desenvolvido. Seu orçamento dentro dessas circunstâncias vai girar em torno de uns R$ 9 mil, levando em conta os valores mais baixos disponíveis no mercado, e considerando que um desenvolvedor levaria por volta de 20 horas dedicadas à produção do software.


Como diminuir este valor


Existem diversas opções que permitem o barateamento desse custo para a sua empresa. Desde aplicativos e plataformas que hospedam tour 360, pagos por assinatura mensal, até a visualização deste recurso em smartphones ou computadores padrão, sem a necessidade do uso de óculos de VR.

Na SME, profissionais qualificados de arquitetura e design de interiores projetam e criam soluções em realidade virtual com imersão em 360º de forma completa: utilizamos um software especializado para o mercado imobiliário, criamos o conteúdo do seu material a partir de um projeto arquitetônico e entregamos a visualização final com base no que o seu cliente preferir. Importante sempre levar em consideração o que o seu cliente prioriza e que necessidades dele serão atendidas com o projeto, antes de apresentar o orçamento.

Confira alguns exemplos do que podemos produzir e entregar para agregar muito mais valor aos serviços do seu escritório, utilizando ou não recursos de realidade virtual, mas ainda assim oferecendo o melhor da tecnologia de modelagem 3D.


Planta humanizada 2D ou 3D

Por meio deste recurso, é possível criar plantas baixas do imóvel, com visualização superior, uso de cores, sombras, luz e texturas, além de objetos de cada ambiente, otimizando a visualização do resultado final por pessoas que não estão muito acostumadas a ver desenhos técnicos. A planta humanizada 3D é uma opção didática e simples.


Maquete eletrônica

As maquetes são imagens estáticas - como se fossem fotografias -, de ambientes internos e externos do imóvel. Por meio de softwares de criação de projetos imobiliários 3D, os ambientes são criados da forma mais próxima da realidade possível, incluindo até mesmo definições de texturas, volumes e luz.


Passeio virtual

Outro recurso interessante para aplicação no mercado imobiliário é o passeio virtual, que equivale a um vídeo. Por meio dele, é feita uma simulação de tour por todos os ambientes do imóvel, que faz com que o cliente seja conduzido no que equivale uma visita ao imóvel sem sair de casa ou do seu escritório.


Tour 360

Agregando, de fato, uma experiência de realidade virtual, com imersão em 360º, apresentamos o tour 360. Este recurso promove uma imersão completa no ambiente criado, e permite interação do usuário com o espaço virtual. Na SME, criamos este recurso a partir de modelagem 3D, mas também pode ser feito com fotografias 360.


Nosso blog está em constante atualização com conteúdos relevantes para o mercado imobiliário. Além disso, produzimos este eBook sobre uso de realidade virtual aplicada a empreendimentos imobiliários, que pode te ajudar a entender ainda melhor sobre como utilizar este recurso no seu dia a dia e entregar ainda mais valor para o seu cliente.

Sua Maquete Eletrônica Ltda., CNPJ: 29.827.934/0001-83

R. Leopoldo Couto de Magalhães Jr. 1442 Itaim Bibi São Paulo-SP

contato@suamaqueteeletronica.com.br | Tel: (11) 3136-0841 | Whatsapp: (11) 9.8133-0841

Acesse aqui nossos Termos & Condições 

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle
  • LinkedIn - círculo cinza